Afinal a vida foi,é...e será sempre um desafio na sequência sólida de percorrer caminhos que se ajustem à reflexão equilibrada e tolerante, onde os projetos nunca acabem, e se definam cada vez mais naquilo que queremos ser, e não no que os outros querem que nós sejamos...
Perceber que refletir e concluir são atos que não podem estar confinados apenas ao reflexo daquilo que experimentamos sozinhos, ou obcecadamente vemos nos outros,caindo assim na tentação de criar verdades absolutas agarradas a pressupostos com falta de equilíbrio identificativo da nossa própria vontade...
Não podemos nem devemos querer para os outros aquilo que foram momentos nossos,e ajustados apenas e só para nós próprios...
Fazer crescer é educar e tentar ser amigo,é procurar limar com valores acrescentados os passos próprios de uma imaturidade pela qual quando jovens naturalmente passamos,e ou se está bem atento,ou então ficamos apenas por nossa conta,e isso pode ser muito perigoso...
Sinto sinceramente que os "meus" me olham com a admiração de quem foi livre de escolher o seu próprio caminho,com responsabilidade e dispensando cópias comportamentais,mas entendendo que a partir de uma "base experimentada" também podemos ramificar genuinamente o nosso próprio"eu"...
Só se vive uma vez,e tirar originalidade a um ser,é limitar as emoções que estavam reservadas para cada um,e isso eu penso que não é justo...

Custódio Cruz

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...
"...No dia em que me silenciarem a voz,não me apagarão os gestos,no dia em que me aniquilarem os gestos,nunca farão esquecer os meus sentimentos..." CustCruz

domingo, 19 de maio de 2019

Desafio de vida...



Nunca esqueçam quem vos marcou,
nunca se iludam com mudanças que apaguem o brilho de quem convosco nunca falhou...
custcruz

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Fiel à verdade,sangue do meu sangue,amigo para todo o sempre...



De A a Z,
caminhas fiel à simplicidade do mundo,
ao que os teus olhos descobriram sempre acrescentas-te uma luz própria,
um sentimento genuíno,
em que sem o descuido das sombras do mundo,
te revelas forte e capaz de enfrentar nas agruras que te contrariam,
mesclando o brilho do que queres com tudo o que é importante não esquecer,
vives cada momento conquistando a paz que parece fácil conseguir,
mas que só com esse complemento de vida se atinge...

Uma imagem,
pode dizer tanto sobre nós,
basta para isso que o aconchego instintivo se liberte em tudo o que nos acompanhe,
e se em redor cintilarem todas as estrelas do sonho,
será nos braços de quem amamos que nos deparamos com a chave que segreda a verdadeira razão da nossa felicidade...

Ninguém é feliz caminhando só,
mesmo até que o silencio seja uma pausa providencial para cada passo,
respirando com a sincronia do que faltava,
deste azo a uma humildade que sempre te desenhará o destino...

O Nuno e a Joana,
a Joana e o Nuno,
aquele abraço sentido que vos levará cada vez mais longe,
por se terem encontrado,
e estarem cada vez mais perto,
fortificando a legenda de uma foto,
que é a imagem de uma só alma...

Falar sobre ti,
ora falar sobre ti...

Olha-se para esta imagem e o lápis da vida escreve por si mesmo,
sem precisar de poetas por perto,
ou artifícios que soem na procura,
tudo porque a escolha foi feita,
e tu Nuno Cruz,
quando o fazes,
não dás margem à mentira...

Há,
tinha-me esquecido da maior expressão que de todo te define:

Tu és feito de VERDADE...


Custcruz

segunda-feira, 13 de maio de 2019

A vida e os desafios tecnológicos...


Tens um comportamento tão bem-encarado,quanto por vezes ignóbil,meu perfil do facebook... 

Sabes,eu conheço-me como ninguém,e mais significativo ainda,conheço cada interacção que por cá se possa insinuar,assim tipo,entre o viver a realidade de uma face,e o artificialismo de outra... 
Pensavas tu,que o eco dos teus conhecimentos tecnológicos,seriam capazes de gerir a tua insegurança pela mutua admiração que tens por mim,e o ódio doentio que me dispensas,e vê lá,porque tenho bom coração,é que nem penso mesmo em te abandonar... 
Links e blecautes,transformaram-se há muito para mim em desafios por demais sedutores,sobretudo pelos que toco na naturalidade precisa,e os que se silenciam como uma nuvem que ameaça mas não molha,ou melhor,que escurece a torto e a direito,mas nunca reduz o meu brilho existencial,e tudo porque eu sou eu,e nem te passa pela cabeça,o quanto sou forte e determinado...
Há muito que andava para te escrever este lembrete,sim,porque bem sei que me conheces no que nisso tanto me detestas aceitar,e se só agora o fiz,volto a referir,foi porque me arrepio com o teu sofrimento,e te quero dar mais uma oportunidade de vida,em que possas ser mais feliz,e não andes perdido na mentira de uma face que te pára no mundo,por não te libertar na verdade da alma... Aproveita,pois olha que as rajadas de vento nem sempre se proporcionam,e quando fores a dar por ela,cais numa onda tão repetitiva,que não se destrinça de nada nem de ninguém,e te guiará a um final tão lembrado quanto aquele com que te escondes,e que assim te remeterá a um vazio sem esquinas,e por isso,sem amigos que valham a pena... 
Estás à vontade,faz esquecer esta missiva,não lhe dando qualquer importância,não aceitando qualquer aprovação,mas não te queixes quando já não tiveres tempo para isso. 
Grande Abraço...apesar de tudo...

custcruz

domingo, 5 de maio de 2019

Os dias da MÃE...


Silêncio!! 
Olá Mãe...
Estou a ouvir-te... 
Silêncio!! 
Estou a sentir-te... 
Silêncio!! 
Estou a ver-te... 
Silêncio!! 
Olá MÃE... 
Eu sabia que nunca te afastavas de mais... 
Silêncio!!
A vida continua... 
Espera aí, 
para te dar aquele Beijo por quem sou, 
e por quem nunca quero deixar de ser... 
Silêncio!! 
O verdadeiro amor entrelaça-se com a alma, 
e o sonho nunca larga o coração... 
Silêncio!! 
Hoje é um dia igual aos outros, 
porque nos outros eu ouço-te,sinto-te e vejo-te, 
como nunca foi diferente... 
Silêncio!! 
 Olá MÃE... 

 custcruz

quarta-feira, 1 de maio de 2019

Em que estou a pensar?



Em que estou a pensar?
Em isso mesmo...
Porque hoje é o 1º de Maio,sinto um arrepio entre a felicidade que nesta data em tempos vivi,e a tristeza profunda que hoje me bloqueia a alma e silencia a voz...
Em tempo certo,falei,gritei,berrei,porque o meu instinto observativo me alertava para um fim,onde nem eu,nem muitos outros te queriam ver cair...
No teu âmago,encontrei muitas dedicações à tua causa,e por isso,o afirmo com a maior das sinceridades,que fiz tudo para ser dos bons na elevação e sucessão do teu trilho,mas admito ainda assim,tão feliz e contente,que nem aos calcanhares cheguei,dessas figuras que tanto completaram aquilo que em sonho eu tanto queria aprender...
Com eles,deste-me tu tanto,e ao teu lado,caminhei com famílias que ainda hoje vivem saudosas de tudo o que o amor por uma bola redonda nos pôde oferecer,se a razão pelo que se queira vencer,não se conquiste a qualquer preço,mas se alcance impelido por tudo o que por ser em sonho,se traduziu tão puro quanto os intocáveis valores da tua história centenária...
Em que estou a pensar?
Em isso mesmo...
Relembrar-te sempre,a ti,Associação Naval 1º de Maio da Figueira da Foz,e aos que também sempre foram teus amigos de verdade...
custcruz

quarta-feira, 24 de abril de 2019

Não está linda a capa?


Renasceu o Palhinhas,e soltaram-se olhos irreverentes sobre a Figueira,sobrevoando-a canto a canto,agem curiosos e perspicazes,quem sabe na procura de uma ou mais razões,que justifique as sensibilidades de um meio,e determine que tipo de brilho cintila entre o presente, o passado e o futuro...
Depois de tocarem as Abadias,e por lá,ainda não encontrarem nenhum espaço claustrofo,desfrutaram da liberdade dos ventos,inspirando um olfacto encantado,onde o verde se liberta, e porque não vive entre espaços delimitados,também as sombras não esbarram entre paredes...
Impelidos pelo cheiro a maresia,quiseram continuar a certificar o quanto o horizonte completa esta cidade de sonho,mas sem nunca primeiro deixar de sobrevoar a zona ribeirinha,que orienta a luz do sol,e reflecte a alma de todos aqueles que sabem amar a nossa terra...
Entre uma rota de atropelos inesperados,no decadente Edifício "O Trabalho",e os destroços sentenciados pelo tempo,no antigo retiro das Freirinhas,nem o "Palácio do Gelo",outrora anexado ao Mercado Engenheiro Silva,lhes deu a segurança,para apearem e observarem a nova obra de 2013,que reconquistou a dignidade de um espaço Sui generis,e alegrou os milhares de visitantes,que no Verão e mesmo no inverno,não dispensam a visita ao Mercado da Figueira,por ser como é,e não como outros de há muito a esta parte,gostariam mesmo que fosse...
O Palhinhas,parece-me,tem uma história de persistência e devoção às causas,e porque não se revela incauto,não resistiu,adiou um pouco o seu voo sobre a cidade,entrando pelas portas do Mercado,tentou pintar um quadro,onde os traços conjuguem uma mensagem,e não só ilustre as intenções...
A mim,arrepiou-me verdadeiramente o resultado da capa,mesmo ainda não tendo visto o conteúdo explanado,porque lá pelo meio,também navego eu neste cruzeiro centenário,sem culpas em qualquer cartório,e depois de uma vida dedicada a tanto do interesse público,e nomeadamente no futebol jovem do Concelho da Figueira,e por demais,quando os apoios se inventavam mais dos meus bolsos para fora,preveni-me com o único bote que tenho para sobreviver na recta final de vida,nunca imaginando que nesta altura,o sangue possa jorrar não só em letras,sobre aquilo que traduz o meu futuro,ainda que até conheça cada protagonista,dos que vivem sedentos pela mudança,e sem preocupações que esta atinja quem quer que seja...
Que esta capa não se confirme,e que o bom senso prevaleça,enquanto o maior desejo que tenho,e até que no ultimo sonho,possa concretizar a paz que há muito tanto procuro...
custcruz
O Palhinhas
Jornal
O Palhinhas
7 h

não está linda a capa?

sábado, 20 de abril de 2019

As origens e o ser,a saudade e a certeza na presença...


Quintas de São Bartolomeu,
a aldeia do Sabugal onde nasceu e cresceu a minha MÃE.


Por entre montes e vales,
ainda se sentem as rajadas de vento,

o tempo passou,
e os brilhos da vida continuam inalteráveis à luz que os criou,
as nuvens negras também por lá escondem o sol,
mas continuam a dar esperança devota à ressurreição de quem os iluminou...

A simplicidade espalha-se a cada canto,
e a reflexão invade as almas disponíveis,
o sonho mudou com as passadas do tempo,
mas nada se alterou nos batimentos do coração,
a humildade veste a atitude de cada um,
e o mundo avança contando com a sua estrela cintilante...

Quintas de São Bartolomeu,
um retiro puro para quem ama a verdade,
ainda que pecadores também não possa impedir,
é pelo tamanho das conquistas que se avalia a sua história...

Maria Augusta Nogueira da Cruz,

escreveu este simples texto,
com as dicas que me transmitiu ao longo da vida,
com as palavras que me motivou a aprender,
com os sonhos em que me fez acreditar...

Quintas de São Bartolomeu,
tal qual Cavadoude na Serra da Estrela,
enquanto aldeias de meu encantamento,
que um dia uniram uma MÃE e um Pai,
que por lá já não andam,
que por cá já não os vejo,
mas no meu coração aconchegam uma saudade,
que é a maior certeza das suas presenças...

Não morrerei,
sem antes voltar a repetir os passos dos seus trilhos,
os silêncios com que as suas almas prepararam as suas investidas,
as razões com as quais alimentaram a estrondosa vitória,
que só lhes pode ter dado o céu,
sem que nunca sejam esquecidos na terra...

Quintas de São Bartolomeu,
afinal também me pertences...
custcruz

sábado, 13 de abril de 2019

E para além do mais,existimos nós...



A mente comanda muito mais do que o que apenas se pensa,pois a reflexão também se insinua perante a limitação do sonho, libertando-a perante o desafio da vida, novos horizontes se conquistam, novas vitórias se alcançam... 

custcruz

  

domingo, 24 de março de 2019

O poder da alma...


Mais do que o percalço,
é o brilho de uma ascensão segura,
pois se o sonho impulsiona o desejo breve pelo Olimpo,
não menos sentir forte a plenitude de uma alma,
reflecte a vitória que mais tarde ou mais cedo tomará conta de quem merece...

custcruz

terça-feira, 19 de março de 2019

Ser PAI, é o que é para quem o teve...




Como num soprar de vento,
sinto a tua presença a embalar a minha alma,
impelido pelas memórias que desenhas-te nos meus sonhos,
seguro-me numa luta sem tréguas,
capaz de te copiar no que preciso,
e te surpreender no que desejas...

Ter saudade,
é sentir o eco do que foste,
é saber porque é impossível desligar do ímpeto corajoso que te fez sorrir e ranger os dentes entre o vencer e o perder,
mas sem nunca desistir...

Ser PAI,
é o que é para quem o teve,
onde por mais longe de quem se pareça estar,
mais perto se toca por uma luz que aponta o infinito,
mas nunca se desliga entre corações...

Sou puro como te herdei,
e é com o sopro simples destas letras que exteriorizo o arrepio na tua invocação,
na esperança que um enorme ABRAÇO te aconchegue,
e um BEIJO cintilante ilumine o mais que tudo do que foste e sempre serás para mim...

O 19 de Março caminha para o fim,
e no desafio presente do que poderia,
aqui estou lado a lado contigo,
vencendo uma vez mais,
e honrando a nossa história...

custcruz

sexta-feira, 8 de março de 2019

Dia mundial da Mulher,ou a força de um brilho inequívoco...



Um dia para fazer brilhar uma mensagem para o mundo,para lembrar o poder da MULHER na aproximação à subtileza da luz que orienta os passos de todos,certificando uma igualdade que jamais se pode colocar em causa,por patenteada nas vitórias que arrebatadoramente também conquistam...
"Também"...mas porquê também?
Quando chega o momento,um sorriso,um beijo,um abraço, solta o agradecimento muitas vezes escasso na acção que as notabilizou,por se teimar na pequenez da mente musculada,onde os limites por se herdarem na distracção de um percurso retrógrado,reflectem a normalidade de "um também",que de normal,só o é,por isso mesmo,porque visionando de baixo para cima,não se admite quem melhor se elevou do que nós...

Sim,também o HOMEM a pode suplantar,mas nunca esquecendo,que os desafios de vida são para quem melhor os souber aproveitar...
custcruz

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Um Derby Mágico,uma só alma em equação...



A vida sempre no encalço das realidades e das surpresas,das vontades e das certezas,dos sonhos e dos destinos,mas por aqui, tudo envolvido no brilho de uma alma só...
Cada um sempre teve o seu canto,mas nunca renegou na paixão aquela luz que os une num expoente que lhes molda uma história,tão iluminada pelo amor à Figueira,quanto pelo frenesim orgulhoso de um emblema usado ao peito,e amado pelo coração...
Dois clubes,que fizeram sonhar a maioria dos protagonistas deste "Derby Mágico",onde muitos durante a vida até lhe fizeram "a troca das camisolas",no propósito de serem felizes,e de darem sequência a um desígnio motivante em defesa da nossa terra...
Hoje,enquanto verdadeiros homens do mar,navegam os da margem sul,na procura das conquistas que coloquem fim à vergonha de "um porto de abrigo",que nos tempos que passam,não refinam as emoções nem "dos sucessores",nem "dos Reis" que tanto mereciam um quadro análogo à maioria dos Concelhos do País.
Já os de verde e branco,agem determinados e corajosos,na procura de um raio de luz perdido,que faça cintilar de novo a grandiosidade histórica da "Velha Senhora",que durante mais de cem anos,preencheu os passos de quem com ela se cruzou,e que sem a sua presença não consegue viver...
Domingo,o Cabedelo terá que ser um palco onde os Amigos se irão rever,onde possam tocar o passado com tudo o que os uniu e deverá continuar a unir,pensando em continuar a escrever uma história que engrandeça cada um dos clubes,e projecte a esperança de todos continuarmos a ser a grande família Figueirense...
Que o melhor vença,que a garra transborde pela força com que o Futebol Puro nunca trai quem lhe quer,que o espectáculo faça eco aos quatro cantos do Concelho da Figueira,e não só,pois quem sabe,uma força de bem,inspire um troféu para cada uma das equipas,naquilo que hoje estas mais querem,sonham e precisam...

custcruz


quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Memórias esquecidas...




Memórias esquecidas...

Os passos dão-se inseguros,
e até as dores são esquecidas,
o mundo rola em suas voltas,
mas falta o tempo para desfrutar em cada momento...

A luz do dia ilumina o quase nada,
e o sonho apaga-se com a escuridão do pouco que resta,
vagueia-se de um lado para outro,
procurando-se no inconformismo aquilo que se foi,
e que agora já não se é...

Um inconformismo que se revitaliza,
porque outros lutam à sua volta,
para os resgatar de um pesadelo que até dá para rir e chorar,
ainda que não se definam os sorrisos,
nem se caracterizem as lágrimas...

A emoção não morre de todo,
mas deixa de brilhar de dentro para fora,
ficando os gestos e o amor de quem ama,
como salvação digna dos valores que os uniram numa história inesquecível,
mesmo até,
que nem todos protagonizem a consciência pura dos sentimentos...

O meu carinho para com quem parte sem saber,
sob o arrepio da minha alma,
e por toda a verdade com o que sinto...

custcruz

  

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

O video-árbitro,ou um cheiro nauseabundo que não se dissipa do futebol...




Eu gosto mesmo é de futebol,e nunca mesmo pelo facto de ser simpatizante do Sporting,deixarei de defender uma modalidade que tanto me cativou,(e agora menos...),ao longo da vida,e que por isso,como primeira abordagem critica a esta anulação aberrante deste golo do Benfica,condeno em primeiro lugar quem defende a intervenção do video-árbitro num jogo que nunca se deveria afastar do virtuosismo que o criou.

Nesta circunstancia,ou melhor,neste lance,deveria como sempre se fez,entregar a duvida da evidência exposta,que catapulta "no mínimo" um posicionamento em linha,favorecendo quem ataca,e validando a acção num empate que lançava esta partida de forma distinta para o segundo tempo.
Bem,mas pior do que isso,é que o jogador do Porto,coloca claramente os do Benfica em jogo,e se o árbitro em campo erra,por não defender nem o protocolo,nem a verdadeira essência do Futebol,é incrível.que os artistas do vídeo,sentadinhos em cadeiras,e com o coração a bater pautado por tudo menos pela verdade,decidam continuar a assassinar a alma de um jogo, que só devia ser circunscrito às peripécias de uma bola redonda.


Dúvidas,não tenho eu,de que o PAPA DO FUTEBOL PORTUGUÊS,é dos seres mais inteligentes que encontrei neste canto lusitano,ele coloca labregos de beiças arreganhadas a intimidar junto ás linhas de confrontos,ele manuseia uma estratégia perfeitamente adequada aos pretenciosos que o sonham copiar,e assim,já caminha velhinho,mas ímpar no brilho que o levará ao inferno,com medalhas e troféus "enferrujados" para um outro destino para alem da vida,que na terra até vingou,mas no céu nunca poderia ter lugar.
O Futebol,está podre,e a podridão foi semeada há muito,com dividendos graduais,que perante a desorientação geral,sempre se impõe pela hipocrisia do medo,ou mais ainda,pelos enredos perfeitos,de quem nasceu intelectualmente distinto,mas não vai ter a defesa do PAPA FRANCISCO.

domingo, 20 de janeiro de 2019

É verdade,quem sai aos seus não degenera...


Um jovem Buarqueiro com um nome com história,
com muito talento e uma alma sólida,
para quem desistir de um lance está fora de questão,
por um instinto que se lhe impulsiona pelo sangue,
e se liberta no segredo da Família Camegim...

A recepção da bola embalou o sonho,
a sequência técnica desenhou o raio de luz,
as redes baloiçaram em ondas de brilho,
e as emoções voaram aos quatro cantos...

Brilhante,Francisco Camegim...

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Muito para cá do sonho...



O brilho da vida não é só com o sol que se compõe, 
mas também com a luz que cada ser lhe descortina, 
entre um movimento se solta uma mensagem, 
para lá do que se espera, 
se fixa a mais genuína das presenças. 

Duas pernas,quatro patas,duas asas, 
para o impulso que os olhos captam, 
e o coração abraça... 

Viver a vida é não ignorar nada, 
até porque as escolhas são o segredo da felicidade...

Deparar com o arrepio da nossa alma,
é como não estar só, 
num mundo que nos completa e se expõe para todos... 

 Oi, 
estás aí ? 

 Olha para mim,
que eu também estou aqui... 

 custcruz

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Para além da alma...



A vida e a arte,
a realidade e o sonho,
ou o desafio em abraçar o que se pode,
e tocar aquilo que se deseja...

✍️🎬custcruz

domingo, 21 de outubro de 2018

O sonho e as conquistas...,



Só é feliz quem não se perde no medo,só transcende quem se insinua no risco,só sonha quem liberta a alma em direcção ao infinito...
custcruz

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Também a natureza deixa mensagens capazes para melhor se entender a vida.

Foto autor desconhecido.

À raiva de uma tempestade maquiavélica e impiedosa,sempre o sol lhe responde no resgate do que se é,e nunca se deixará de ser,buscando a alma com o que se distingue,mesmo que rasgada na pele,mas nunca nos brilhos que a definem.

A escuridão reproduz os estragos do embate,o pesadelo resiste à luz que o circunda,na certeza de que a bonança irá em busca de um entendimento,para quem não viva por viver,
mas também anseie por entender...


Somos fortes porque temos,somos vivos porque vivemos,
somos nada sem sabermos...

O berço voltará a baloiçar,embalando quem por amor o preserve na sucessão,o retoque nos pormenores perdidos,o enobreça na honra conquistada...

Porque te quero tanto Figueira nossa !!
custcruz

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Deixem quem foi, continuar a ser...



Deixem quem foi,
continuar a ser,não sejam tão pequeninos por inveja,por entenderem que é preciso apagar os do passado para se elevarem nos seus sonhos.
É que aí,começa a vossa estrondosa derrota,porque quem tudo não sente no desafio que escolheu,irá perder-se numa fútil vaidade,que não carrega a confiança,nem a certeza do que se é capaz...
Ser enorme,é apanhar-vos no reboliço maquiavélico das vossas atitudes,é captar-vos as inseguranças entre o movimento de uma palpara,a dessincronia de um sorriso,ou a escolha de uma emoção...
Pois,por isso mesmo,é que as emoções não se escolhem,ou nos invadem e nos colam a um meio que por mais que se lhe queira não tem sentido ser só nosso,ou nos fazem mergulhar num ego profundo,onde afogados se acabará num arrepio com nada que marque a diferença intemporal.

custcruz

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Enigmas e conquistas...,



Tantas vezes o silencio é uma resposta que sintoniza o estrondo de um tipo de indiferença,que nos encoraja e liberta em só,e nos faz caminhar para um alem,onde o fascínio pela emoção nos dá as respostas que afinal tanto procurávamos...
custcruz

Há...tinha-me esquecido...

Liderar não é impor o que quer que seja,mas sim encorajar o ser a não fazer só o que se quer...
E isso,até parece fácil,não fosse o tempo em que se marcou passo,e o reflexo de não se encontrar a explicação para esse infortúnio de vida...

custcruz

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

O regresso a casa,de um campeão...




O maior desígnio de um sonhador,
é percorrer as emoções que melhor o preenchem,
vivê-las com o brilho puro com que as conquista,
e ao regressar ao berço,
ir ao encontro do mais apetecido recanto da alma...

custcruz

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

136 anos depois...


136 anos depois,
é virando as costas ao sussurro das apostas que melhor atenção te dou e aconchego a minha alma...
Carregando os livros da tua história,os comparo nos brios conquistados,e lhes encontro uma verdade insofismável:

Continuas poderosa por ti mesma,
sem que nada nem ninguém te apague o brilho natural daquilo que és,pois viver-te,é ser invadido por um amor que a cada canto sempre nos cativará o coração,e nos impele num abraço para nunca mais te perder...

custcruz

domingo, 16 de setembro de 2018

Jose Manuel FotoBraga,ou mais uma referencia da Figueira que nos deixa...



Uma referencia da história de quem viveu e se cruzou ao longo da vida no Bairro Novo,na Figueira da Foz e no Concelho,ora porque os seus serviços proporcionavam o melhor,ou porque em outros eventos a sua presença era mais do que certa,não só pelo seu sentido profissional,mas também pela impulsão sensível no acompanhamento de um Figueirense na verdadeira acepção da palavra.
O Senhor José Manuel(Foto Braga),foi diferente ao tempo e no tempo,fiel a um estilo personalizado,ainda hoje me surpreendia agradavelmente pela linha que seguia,quer na imagem,quer na postura,marcando a sua vontade pelo brilho dos seus sonhos,e vivendo a vida de alma e coração,nunca deixando de acelerar no rali do atrevimento,ainda que,fosse nas sombras serenas da observação que melhor se sentia,e até melhores conquistas captava.
Pois é,o que aqui digo,é mesmo o que sinto e sei,não fossem só as muitas memórias fotográficas registadas por si nas imensas histórias vividas no futebol,mas porque o vicio observativo também me é peculiar,e por isso capaz de revelar conhecimentos que não enganam.
Foi surpreendido e triste,que deparei com a notícia do seu falecimento,já que por o ter visto à relativamente pouco tempo a passar junto ao Mercado,o observei vivo e bem vivo,numa satisfação que nada faria antever o desidrato que a todos toca,mas que também nunca apaga o livro de vida que cada um escreve.
À Família,os meus mais sentidos pêsames,por uma perda onde não há palavras que a compensem,mas lições que fortalecem a continuidade dos seus descendentes,numa filosofia tão equilibrada e capaz como a que este Senhor lhes deixou.

Um Grande Abraço,
particularmente sentido à Esposa,ao José Figueiredo,e ao Marco Figueiredo,neste momento tão difícil de enfrentar.