Afinal a vida foi,é...e será sempre um desafio na sequência sólida de percorrer caminhos que se ajustem à reflexão equilibrada e tolerante, onde os projetos nunca acabem, e se definam cada vez mais naquilo que queremos ser, e não no que os outros querem que nós sejamos...
Perceber que refletir e concluir são atos que não podem estar confinados apenas ao reflexo daquilo que experimentamos sozinhos, ou obcecadamente vemos nos outros,caindo assim na tentação de criar verdades absolutas agarradas a pressupostos com falta de equilíbrio identificativo da nossa própria vontade...
Não podemos nem devemos querer para os outros aquilo que foram momentos nossos,e ajustados apenas e só para nós próprios...
Fazer crescer é educar e tentar ser amigo,é procurar limar com valores acrescentados os passos próprios de uma imaturidade pela qual quando jovens naturalmente passamos,e ou se está bem atento,ou então ficamos apenas por nossa conta,e isso pode ser muito perigoso...
Sinto sinceramente que os "meus" me olham com a admiração de quem foi livre de escolher o seu próprio caminho,com responsabilidade e dispensando cópias comportamentais,mas entendendo que a partir de uma "base experimentada" também podemos ramificar genuinamente o nosso próprio"eu"...
Só se vive uma vez,e tirar originalidade a um ser,é limitar as emoções que estavam reservadas para cada um,e isso eu penso que não é justo...

Custódio Cruz

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

quinta-feira, 22 de junho de 2017

É "ao longe" que vos gosto de ver felizes(feitios)...



Desafio gratificante mesmo,foi ter sido treinador destes dois bons seres humanos...
Agora,e "bem ao longe",como tanto gosto(feitios),me recordo daquela vez Luis Almeida,que depois de eu ter dado uma entrevista como treinador do G.D,Maiorca à Rádio local,tu e o Cabete me felicitaram solidariamente por ter partido "a loiça toda"perante quem embora na sua função,me tentava descredibilizar como líder da equipa.Ainda sinto os vossos sorrisos francos e amigos,e o Abraço que me deram como que cerrando fileiras em meu redor.
Agora esquecer,e isso nunca,que também depois da alegria que tive com o teu escalonamento para o Mundial do Brasil,Hugo Almeida,ainda adicionas-te ao arrepio do orgulho que tenho por ti,uma convocatória para no Estádio José Bento Pessoa,poder tocar e dar lamirés à CMTV ,dos teus passos em uma parte da tua história no futebol,só demonstra no quanto os princípios do teu Pai,prevaleceram e prevalecem na forma de estar que te fez voar no sonho,e que assim te mantem e manterá ",em não precisar de muita mais sorte para ser feliz",porque o que conseguiste vai ser igual ao que ainda vais conquistar,e nisso,tu nunca falharás,pelo segredo humilde que te domina os instintos.
Vi esta foto,e apeteceu-me ser igual a mim próprio,dizendo o que sinto,dando azo aos muitos sinais que apesar de se misturarem "em desencantos" que tive no acautelamento do meu futuro,valeram por vós e por muitos outros,e que ainda agora me motivam a que num "salto do mestre",concretize mesmo a minha tese de sentido de vida,e quem sabe,venha assim a ser o que se tivesse sido,não estaria agora com lamentos melancólicos...
Siga a vida,porque em cada vez que encontrar vencedores como vós,mais a minha alma sonhará em escrever "o livro certo".



custcruz

É "ao longe" que vos gosto de ver felizes(feitios)...


Porquê?
Para melhor avaliar o brilho das vossas conquistas...