Afinal a vida foi,é...e será sempre um desafio na sequência sólida de percorrer caminhos que se ajustem à reflexão equilibrada e tolerante, onde os projetos nunca acabem, e se definam cada vez mais naquilo que queremos ser, e não no que os outros querem que nós sejamos...
Perceber que refletir e concluir são atos que não podem estar confinados apenas ao reflexo daquilo que experimentamos sozinhos, ou obcecadamente vemos nos outros,caindo assim na tentação de criar verdades absolutas agarradas a pressupostos com falta de equilíbrio identificativo da nossa própria vontade...
Não podemos nem devemos querer para os outros aquilo que foram momentos nossos,e ajustados apenas e só para nós próprios...
Fazer crescer é educar e tentar ser amigo,é procurar limar com valores acrescentados os passos próprios de uma imaturidade pela qual quando jovens naturalmente passamos,e ou se está bem atento,ou então ficamos apenas por nossa conta,e isso pode ser muito perigoso...
Sinto sinceramente que os "meus" me olham com a admiração de quem foi livre de escolher o seu próprio caminho,com responsabilidade e dispensando cópias comportamentais,mas entendendo que a partir de uma "base experimentada" também podemos ramificar genuinamente o nosso próprio"eu"...
Só se vive uma vez,e tirar originalidade a um ser,é limitar as emoções que estavam reservadas para cada um,e isso eu penso que não é justo...

Custódio Cruz

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

300 mensagens depois...continuo livre...e feliz como sempre fui...


Coincidindo mais ou menos com um ano de existência deste blog ("...Voando nas Asas do Tempo..."), deparei também com a curiosidade numérica de ter chegado ás 300 "mensagens"... sem que quase desse por isso...e acrescido da satisfação pessoal na sua concretização...pelo estilo de liberdade de pensamento que desde sempre me seduziu e tem comandado toda a minha vida...

Um ano depois...até sou premiado com a gentileza de 1200 visitas ao meu perfil...o que dá o garante de que por mais banal que este blog seja...no mínimo não caminha sozinho nesta vida...e só por isso...já valeu a pena ter abraçado este pequeno projecto nos fundamentos com que o sonhei e concretizei...
Bem sei que será pertinente perceber logo à partida...o muito pouco que poderá significar estas pequenas marcas num blog de cariz pessoal...e isto em comparação com outras de maior expressão e importância determinantes na Blogosfera...

Mas ainda assim...não deixo de soltar algumas reflexões bem à minha maneira...quanto à concretização objectiva com que convictamente norteei este pequeno sonho...e porque o encaminhei despretensioso e na mira de um trilho feito da espontaneidade e rigor na verdade que escolho todos os dias...feliz vos digo que um ano depois...este espaço foi aquilo que eu quis que fosse...deu-me as surpresas que eu já esperava...e reforçou-me a convicção de que com este mau feitio continuo a abrir portas a muitos inimigos...mas não deixo de cativar no reverso da medalha algum reconhecimento pela coragem na forma...e no modo como vivo a vida todos os dias...
E olhem que para mim nunca foi muito difícil de o fazer...pois é tudo uma questão de sempre começar por adormecer e acordar de forma natural...
Ainda assim...tenho agora outra certeza que sempre persenti ao longo dos tempos...e ela é...a de que aquelas pessoas que procuram assumir alguma admiração e amizade para comigo...são condicionadas no meio...e empurradas por aqueles animais que fingem ter crenças,virtudes,ideias e sentimentos...mas mais não são do que gente frustrada...e quadradas nos seus movimentos de vida...e que ainda por tolhidas na sua debilidade mental...não suportam ter perto de si as vidas próprias dos seus sonhos inconcretizáveis...

Tiro esta prova dos nove...com o meu aparecimento no Facebook...onde é permitido curtes,comentários e partilhas de convicções...e onde quando por lá passo...verifico e admiro a coragem daqueles(poucos...) que comigo o fazem...e de outros que as leituras não dispensam... mas preferem esconder-se no anonimato para não comprometerem imagens padrão...por um comportamento adequado ás circunstâncias sociais...
E foi mesmo por esses...que nunca permiti comentários no meu blog...dando-lhes a tranquilidade mental para o visitarem de forma igualitária e sem complexos de qualquer espécie...e sobretudo sem que ninguém o soubesse...nem mesmo eu...
Pois...já sei que sou convencido e coiso e tal....mas o que me interessa mesmo...é que estas verdades vão direitinhas aos distinatários objectados...e isso eu tenho a certeza que vai acontecer...
Quanto ao blog?...

Criei este blog para soltar as minhas emoções...as minhas palavras...os meus sentimentos aos quatro cantos da vida...
Quero continuar a voar nas asas do tempo...baloiçando numa doce brisa de vento...,

Quero reagir nas minhas revoltas...como num estrondo estonteante de uma tempestade ou terramoto...
Quero vaguear livre e solto sem me importar com o que os outros pensam de mim...
Quero continuar como sempre a ser livre...e feliz como sempre fui...
cnc