Afinal a vida foi,é...e será sempre um desafio na sequência sólida de percorrer caminhos que se ajustem à reflexão equilibrada e tolerante, onde os projetos nunca acabem, e se definam cada vez mais naquilo que queremos ser, e não no que os outros querem que nós sejamos...
Perceber que refletir e concluir são atos que não podem estar confinados apenas ao reflexo daquilo que experimentamos sozinhos, ou obcecadamente vemos nos outros,caindo assim na tentação de criar verdades absolutas agarradas a pressupostos com falta de equilíbrio identificativo da nossa própria vontade...
Não podemos nem devemos querer para os outros aquilo que foram momentos nossos,e ajustados apenas e só para nós próprios...
Fazer crescer é educar e tentar ser amigo,é procurar limar com valores acrescentados os passos próprios de uma imaturidade pela qual quando jovens naturalmente passamos,e ou se está bem atento,ou então ficamos apenas por nossa conta,e isso pode ser muito perigoso...
Sinto sinceramente que os "meus" me olham com a admiração de quem foi livre de escolher o seu próprio caminho,com responsabilidade e dispensando cópias comportamentais,mas entendendo que a partir de uma "base experimentada" também podemos ramificar genuinamente o nosso próprio"eu"...
Só se vive uma vez,e tirar originalidade a um ser,é limitar as emoções que estavam reservadas para cada um,e isso eu penso que não é justo...

Custódio Cruz

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

sábado, 18 de dezembro de 2010

Obras no Mercado da Figueira só para o fim do verão de 2011...

Sensatez e sentido de responsabilidade..."atiram" com a possibilidade de início de obras no Mercado da Figueira para o fim do verão de 2011...
Digamos que desde sempre o disse e fiz notar...que o processo de eventual requalificação do Mercado da Figueira estava a sofrer um caminho de demasiada precipitação...onde a ânsia de realizar...tolhia a maturação das ideias...fragilizando as acções racionais que pudessem credibilizar os prazos escolhidos para o inicio das ditas obras...
Assim...o Sr.Presidente da Câmara Dr.João Ataíde...chamou os concessionários a uma reunião efectuada ontem nos Paços do Município...e perante um salão cheio de gente amargurada com indefinições soltas quase todos os dias quanto aos seus futuros próximos...fez-lhes saber...que as garantias financeiras para a possibilidade de realização da requalificação do Mercado...estavam "quase" concretizadas...mas que ainda assim todos teriam a ganhar em criar um espaço temporal mais alargado...para efectivar apoios comunitários que completem o valor calculado para a intervenção na "Sala de Visitas da Figueira da Foz"...
Depois de inicialmente se ter planeado iniciar essa intervenção em Janeiro...e depois de se proletar para Março...prevaleceu o tal bom senso e criou-se o tal espaço temporal que pode também significar uma melhor articulação entre todas as partes interessadas...e assim quiçá...a obra até poder ser exequível...
Digamos ainda...que agora há tempo mais que suficiente para que as "coisas" sejam apresentadas de uma forma mais clara...sem tantas pressões e ligeirezas...e onde todos se possam responsabilizar e assumir essas mesmas responsabilidades em defesa de um espaço histórico e tradicional como o é o Mercado Engenheiro Silva da Figueira da Foz...
Estamos em tempos muito complicados...à que voltar a reflectir muito bem sobre todos os aspectos deste projecto...e concluir com segurança que ninguém vai sair mal...de algo que se pressupõe ser bom para todos...
O meu aplauso à sensatez e volto a dizer... sentido de responsabilidade do Dr.João Ataíde... nesta temporização de acções que só pode ajudar a retirar todas as dúvidas e receios sobre a consistência deste projecto na sua elaboração,organização e conclusão...
Vamos então aguardar pelos futuros desenvolvimentos...e esperar que o "bom senso" seja a partir de agora um instrumento previligiado nos contactos entre as partes interessadas...

Mercado Engenheiro Silva da Figueira da Foz...
SEMPRE !...