Afinal a vida foi,é...e será sempre um desafio na sequência sólida de percorrer caminhos que se ajustem à reflexão equilibrada e tolerante, onde os projetos nunca acabem, e se definam cada vez mais naquilo que queremos ser, e não no que os outros querem que nós sejamos...
Perceber que refletir e concluir são atos que não podem estar confinados apenas ao reflexo daquilo que experimentamos sozinhos, ou obcecadamente vemos nos outros,caindo assim na tentação de criar verdades absolutas agarradas a pressupostos com falta de equilíbrio identificativo da nossa própria vontade...
Não podemos nem devemos querer para os outros aquilo que foram momentos nossos,e ajustados apenas e só para nós próprios...
Fazer crescer é educar e tentar ser amigo,é procurar limar com valores acrescentados os passos próprios de uma imaturidade pela qual quando jovens naturalmente passamos,e ou se está bem atento,ou então ficamos apenas por nossa conta,e isso pode ser muito perigoso...
Sinto sinceramente que os "meus" me olham com a admiração de quem foi livre de escolher o seu próprio caminho,com responsabilidade e dispensando cópias comportamentais,mas entendendo que a partir de uma "base experimentada" também podemos ramificar genuinamente o nosso próprio"eu"...
Só se vive uma vez,e tirar originalidade a um ser,é limitar as emoções que estavam reservadas para cada um,e isso eu penso que não é justo...

Custódio Cruz

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Com "alguns" sentimentos pela Figueira,espera-se não arredonde objetivos apenas pelo interesse económico...




Tem 54 anos, foi nomeado administrador-delegado da Amorim Turismo S.G.P.S, presidida por Jorge Armindo, deixando o cargo de chief financial officer (CFO) da Amorim Holding, topo do Grupo Américo Amorim. Decorrente deste facto, Fernando Matos assume assim o cargo de administrador-delegado da Sociedade Figueira Praia, empresa que detém, a 100%, o Casino Figueira. Refira-se que a Amorim Turismo possui ainda 33% do capital da Sociedade Estoril-Sol (Casinos de Lisboa, Estoril e Póvoa de Varzim), e 25% da Blue&Green Hotels (Casino de Tróia, Tróia Design Hotel, Vilalara Thalassa Resort e The Lake Spa Resort). Licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), mestre em Gestão de Empresas pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE) e pós-graduado nos Estados Unidos da América, onde se especializou em gestão de casinos, Fernando Matos é uma referência nacional ao nível do negócio ao qual regressou esta segunda-feira. Natural de Torres Novas mas incondicional entusiasta da Figueira, onde reside há largos anos e donde são naturais os seus filhos, já ocupou, na viragem do século, o cargo de administrador do casino figueirense, liderando a equipa que remodelou o edifício e que renovou a última concessão de jogo (2002/2020).