Afinal a vida foi,é...e será sempre um desafio na sequência sólida de percorrer caminhos que se ajustem à reflexão equilibrada e tolerante, onde os projetos nunca acabem, e se definam cada vez mais naquilo que queremos ser, e não no que os outros querem que nós sejamos...
Perceber que refletir e concluir são atos que não podem estar confinados apenas ao reflexo daquilo que experimentamos sozinhos, ou obcecadamente vemos nos outros,caindo assim na tentação de criar verdades absolutas agarradas a pressupostos com falta de equilíbrio identificativo da nossa própria vontade...
Não podemos nem devemos querer para os outros aquilo que foram momentos nossos,e ajustados apenas e só para nós próprios...
Fazer crescer é educar e tentar ser amigo,é procurar limar com valores acrescentados os passos próprios de uma imaturidade pela qual quando jovens naturalmente passamos,e ou se está bem atento,ou então ficamos apenas por nossa conta,e isso pode ser muito perigoso...
Sinto sinceramente que os "meus" me olham com a admiração de quem foi livre de escolher o seu próprio caminho,com responsabilidade e dispensando cópias comportamentais,mas entendendo que a partir de uma "base experimentada" também podemos ramificar genuinamente o nosso próprio"eu"...
Só se vive uma vez,e tirar originalidade a um ser,é limitar as emoções que estavam reservadas para cada um,e isso eu penso que não é justo...

Custódio Cruz

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Naval /Sporting em Juniores,ou o bater forte do coração Navalista...


Bate forte o coração navalista,e sábado no Bento Pessoa(sintético),é o verde da esperança que dá ânimo à quarta coletividade mais antiga de Portugal.
Os protagonistas também são as dedicações que sendo mais que simpatizantes ou filhos do clube,certificam as condições do "palco dos sonhos",ultimam o brilho dos espaços onde se cruzarão "os bravos da bola",orientam os caminhos de quem só se pode orgulhar por ter conseguido que a Figueira da Foz seja ponto obrigatório de passagem para os distintos.
O mundo do futebol vai ter neste sábado um grupo de jovens a elevar a nossa cidade,o nosso concelho,um dos clubes da Figueira que há mais de 100 anos deu,deu...e voltou a dar,e que só faz pairar dúvidas em mentes limitadas por egos doentios,porque para quem ama a nossa terra verdadeiramente,não existe limitações para a alegria que nos dá cada coletividade que abraça de forma arrepiante o estandarte amarelo e verde.
Vai de certo ser emocionante,mesmo que não exigindo tanto assim "aos sonhadores navalistas",aquilatar da capacidade psicológica perante um embate onde os sustentáculos de cada equipa diferem num aprumo estrutural,mas que ainda assim,muitas vezes nada valem dentro das quatro linhas,e para isso,basta a audácia com que se perceba em primeiro lugar,"...que viver a vida é um privilégio,e que conquistar em cada desafio que esta nos lança,é marcar a diferença com que os outros nos deixam de subestimar,e nos passam a respeitar enquanto afirmações capazes...".
Não sei que equipa se vai apresentar para defrontar o Sporting Clube de Portugal,e isto face à filosofia adotada na gestão formativa dos atletas,sendo eu defensor de que a máxima força deveria ser a resposta,vou e acredito no que também todos vão acreditar,que quem quer que corra à velocidade deste sonho,nos irá dar muitos motivos para que naquela tarde possamos ser muito felizes.
Sábado,vou dar folga à vontade de fazer mais uns trocos,fechar mais cedo o "Canto Lusitano",e caminhar mais uma vez por um trilho que tantas vezes me levou à inspiração dos escritos que hoje perfazem e guardo com muita saudade no "livro das minha memórias".
Venha daí,e vai ver que vai valer a pena...
custcruz