Afinal a vida foi,é...e será sempre um desafio na sequência sólida de percorrer caminhos que se ajustem à reflexão equilibrada e tolerante, onde os projetos nunca acabem, e se definam cada vez mais naquilo que queremos ser, e não no que os outros querem que nós sejamos...
Perceber que refletir e concluir são atos que não podem estar confinados apenas ao reflexo daquilo que experimentamos sozinhos, ou obcecadamente vemos nos outros,caindo assim na tentação de criar verdades absolutas agarradas a pressupostos com falta de equilíbrio identificativo da nossa própria vontade...
Não podemos nem devemos querer para os outros aquilo que foram momentos nossos,e ajustados apenas e só para nós próprios...
Fazer crescer é educar e tentar ser amigo,é procurar limar com valores acrescentados os passos próprios de uma imaturidade pela qual quando jovens naturalmente passamos,e ou se está bem atento,ou então ficamos apenas por nossa conta,e isso pode ser muito perigoso...
Sinto sinceramente que os "meus" me olham com a admiração de quem foi livre de escolher o seu próprio caminho,com responsabilidade e dispensando cópias comportamentais,mas entendendo que a partir de uma "base experimentada" também podemos ramificar genuinamente o nosso próprio"eu"...
Só se vive uma vez,e tirar originalidade a um ser,é limitar as emoções que estavam reservadas para cada um,e isso eu penso que não é justo...

Custódio Cruz

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

domingo, 2 de abril de 2017

Sintetizando o Benfica 1 F.C.Porto 1...




Primeira parte equilibrada,com a eficácia da águia a marcar a diferença num golo de grande penalidade bem assinalada...


Entrada estrondosa do Dragão no primeiro quarto de hora da segunda parte,com o empate a surgir previsível e sem apelo nem agravo...

Embora só depois,a resposta Benfiquista catapultou-se a preceito,com uma maior dinâmica ofensiva até final do jogo,e oportunidades suficientes para que o destino deste campeonato ficasse traçado em favor do atual líder desta competição...

Ederson e Casilhas,foram estrelas cintilantes quando preciso foi,sendo que o Espanhol,foi mais solicitado por força de um Benfica mais forte em mais tempo de jogo.
Mais um confronto em que o artificio das simulações interpretado pela "palhaçada" que cada vez mais graça no futebol português,criou lances duvidosos,mas que por decisões capazes não manchou a verdade do jogo,ainda que aquele lance tirado a Jota do F.C.P. aos 80 minutos,deixá-se algumas dúvidas...
Momento caricato da partida:
Quando Jonas aproveitou para se estatelar contra quem o dispensou no Valencia,e ao bastante brilho que teve na sua atuação global,juntou-lhe assim salpicos de um mau feitio que já lhe é reconhecido...
Para a história fica um empate que lança o campeonato num frenesim estonteante,na certeza porém,que candidatos só há dois,e logicamente é entre estes que as atenções se irão dividir,e fazer centrar na procura de quem se vai rir no fim...
custcruz