Afinal a vida foi,é...e será sempre um desafio na sequência sólida de percorrer caminhos que se ajustem à reflexão equilibrada e tolerante, onde os projetos nunca acabem, e se definam cada vez mais naquilo que queremos ser, e não no que os outros querem que nós sejamos...
Perceber que refletir e concluir são atos que não podem estar confinados apenas ao reflexo daquilo que experimentamos sozinhos, ou obcecadamente vemos nos outros,caindo assim na tentação de criar verdades absolutas agarradas a pressupostos com falta de equilíbrio identificativo da nossa própria vontade...
Não podemos nem devemos querer para os outros aquilo que foram momentos nossos,e ajustados apenas e só para nós próprios...
Fazer crescer é educar e tentar ser amigo,é procurar limar com valores acrescentados os passos próprios de uma imaturidade pela qual quando jovens naturalmente passamos,e ou se está bem atento,ou então ficamos apenas por nossa conta,e isso pode ser muito perigoso...
Sinto sinceramente que os "meus" me olham com a admiração de quem foi livre de escolher o seu próprio caminho,com responsabilidade e dispensando cópias comportamentais,mas entendendo que a partir de uma "base experimentada" também podemos ramificar genuinamente o nosso próprio"eu"...
Só se vive uma vez,e tirar originalidade a um ser,é limitar as emoções que estavam reservadas para cada um,e isso eu penso que não é justo...

Custódio Cruz

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Verão 2010,emigrantes e estrangeiros...comércio tradicional a caminho do abismo e a falta de visão política e humana na gestão do interesse público...

Terror na Figueira da Foz!..



Pois é...

A crise sopra mesmo de todos os quadrantes...

Não há...nem vai haver invasão de emigrantes e estrangeiros...

Não existe...nem vai existir o volume de compras normal para a época...

As saudades passam a valer o que valem...e os "portugas"são obrigados a ficar em casa...ou então viajam com "despesas encolhidas..."e isto para agravar ainda mais um Verão 2010 na Figueira da Foz...onde creio depois de passar esta "época balnear"...os encerramentos comerciais irão ser mais uns quantos a emoldurar o já triste cenário na Zona Histórica da Cidade...

Mas a culpa não é só da crise...mas também da falta de estratégia política na nossa terra para ajudar o pequeno comércio a sobreviver...e assim os "abutres" limitam-se a esperar...e a saber render o peixe sem preocupações de natureza pública...

Já os políticos são permissivos e pouco enérgicos na defesa de quem os elegeu...mantendo-se calados ou a patrocinar "Sorrisos para o Comércio da Figueira"...para entreter o "pagode"...e deixar passar o tempo á procura de nada...para o nada que certo "tipo de gentalha" quer à Figueira...

Sim a culpa é dos políticos :

Porque não sabem ou não se querem impor aos grupos de natureza exclusivamente económica...

Porque a "maioria" deles...se deixam "condicionar" à partida por esta "corge" sem escrúpulos e que vive do lucro fácil...

É tempo de dizer basta!...

É tempo de recolocar a Figueira no mapa...

É tempo de reagir...

Vamos ver que resposta vai dar a Figueira aos ataques que aí vêm à sua identidade histórica e vitalidade comercial...

Vamos ver!...