Afinal a vida foi,é...e será sempre um desafio na sequência sólida de percorrer caminhos que se ajustem à reflexão equilibrada e tolerante, onde os projetos nunca acabem, e se definam cada vez mais naquilo que queremos ser, e não no que os outros querem que nós sejamos...
Perceber que refletir e concluir são atos que não podem estar confinados apenas ao reflexo daquilo que experimentamos sozinhos, ou obcecadamente vemos nos outros,caindo assim na tentação de criar verdades absolutas agarradas a pressupostos com falta de equilíbrio identificativo da nossa própria vontade...
Não podemos nem devemos querer para os outros aquilo que foram momentos nossos,e ajustados apenas e só para nós próprios...
Fazer crescer é educar e tentar ser amigo,é procurar limar com valores acrescentados os passos próprios de uma imaturidade pela qual quando jovens naturalmente passamos,e ou se está bem atento,ou então ficamos apenas por nossa conta,e isso pode ser muito perigoso...
Sinto sinceramente que os "meus" me olham com a admiração de quem foi livre de escolher o seu próprio caminho,com responsabilidade e dispensando cópias comportamentais,mas entendendo que a partir de uma "base experimentada" também podemos ramificar genuinamente o nosso próprio"eu"...
Só se vive uma vez,e tirar originalidade a um ser,é limitar as emoções que estavam reservadas para cada um,e isso eu penso que não é justo...

Custódio Cruz

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

Aprender com a nossa sombra,e fixar os olhos em outras...

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Mercado Engenheiro Silva entre o terror e a esperança...


O Mercado Engenheiro Silva tem 118 anos de vida,será...e falo na condição de um cidadão que ama a Figueira,das poucas jóias que ainda possui e nos traduz fielmente o pulsar da nossa terra.

A "Sala de visitas" da nossa cidade é invadida todas as épocas balneares por milhares de turistas portugueses e estrangeiros,aqui se convive com as luzes da ribalta,onde milhares de "fotógrafos anónimos" fazem disparar as suas objectivas e invadindo positivamente o espaço com uma luz intermitente de "flaches"que ajudam a captar uma melhor recordação da "cidade da praia da claridade".
Interesses económicos" se fala"que se querem levantar e quiçá "descaractrizar" ou pura e simplesmente acabar com este espaço centenário,numa possível total insensibilidade cultural e desrespeitando a história, a tradição e os costumes da nossa terra... 
A insegurança é mais do que muita naqueles que ali trabalham, e aqui governam as suas vidas,por isso e porque já mais que uma vez me assumi como um ser de causas,peguei num processo de defesa deste espaço comercial e cultural há mais de dois anos para cá,lutei na companhia dos meus colegas por lhe dar o rosto dinâmico que não o deixá-se desvanecer,criámos uma comissão de defesa dos interesses desta "sala de visitas",fizemos festas,oferecemos cabazes,promovemos socialmente o espaço...enfim, tudo o que fosse possível para que a "ameaça de morte" não se viesse a consumar...

Conseguimos...
Vieram as Eleições Autárquicas,e as juras de amor ao espaço foram pedra chave nas campanhas eleitorais de todos os partidos,por isso hoje vivemos um pouco mais aliviados da pressão dos "eventuais boatos"...

Ainda assim,só vendo para querer como diria o S.Tomé...
Por mim a luta continua,e por isso criei com os meus colegas uma comissão promotora de uma Associação de Comerciantes do Mercado da Figueira...

Num clima de grandes dificuldades emocionais que vou vivendo no dia a dia, por vissitudes que me atingiram sem dó nem piedade em termos familiares,tenho no entanto que ir buscar forças ainda assim sem saber onde para continuar a defender os menos favorecidos,os mais pobres, ou aqueles que são as mais valias para os ricos serem ainda mais ricos...
Sonhámos com a criação de uma Associação de Comerciantes daquele espaço,e por isso lançámos as sementes do esclarecimento,estruturámos uma estratégia onde os "bufos e venenos" dos tais "grupos económicos"que nos querem é ver pelas costas, ficaram a "falar sozinhos" sem capacidade de desmobilizar a força da unidade e preseverãnça, numa fé de um povo que quando se une pode até mover montanhas se preciso for...

A Associação dos Comerciantes do Mercado Engenheiro Silva é um facto consumado e para além de legalizada,pronta está também para as guerras que eventualmente nos aparecam pela frente...

Conseguimos...
Sábado é o dia D o Mercado Engenheiro Silva vai a votos,eu vou Candidatar-me com uma lista de concessionários,porque não sou de desistir fácilmente,e muito mais ainda não tenho medo de quem quer que seja...


O meu MERCADO não vai morrer,o NOSSO mercado não vai acabar,a nossa FIGUEIRA não vai perder a sua "Sala de Visitas"...
Mas se a vontade das pessoas não for a minha eleição,não me sentirei infeliz,pois estou de consciência tranquila quanto à missão a que nos propusemos,e assim também estou preparado para no exercício democrático entregar todo o trabalho que foi efectuado até agora,e que tenho a certeza foi todo muito bem feito e com grande competência,por mim e por todos os meus colegas de comissão...

Conseguimos...
Custódio Cruz